Navigation

Um aspirador moderno de CO2

A startup suíça Climeworks desenvolveu a primeira usina capaz de capturar e explorar CO2 presente na atmosfera. Uma inovação que transforma o dióxido de carbono em um recurso valioso.

Este conteúdo foi publicado em 02. novembro 2018 - 11:00
Carlo Pisani, Hinwil

A usina, inaugurada em junho de 2017, foi instalada no telhado do incinerador municipal de Hinwil (cantão de Zurique). Graças a filtros especiais, o CO2 é separado de outras moléculas no ar, o que contribui para a redução dos gases de efeito estufa na atmosfera.

Cada módulo (são 18 no total) tem a capacidade de sugar até 50 toneladas de CO2 por ano, o que corresponde ao dobro de um hectare de floresta. Como explica a assessora de imprensa da empresa, Louise Charles, o dióxido de carbono pode ser canalizado para estufas para estimular o crescimento de hortaliças. Também pode ser utilizado na indústria de alimentos e bebidas, no setor energético e indústria automotiva.

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?