Navigation

Suíços devem votar adesão à ONU em 3 anos

O governo federal reiterou sua intenção de aderir brevemente às Nações Unidas. Um projeto será submetido a consultas nos próximos meses e será enviado ao Parlamento até o final do ano. Em votação popular, em 1986, os suíços rejeitaram a adesão à ONU.

Este conteúdo foi publicado em 25. fevereiro 2000 minutos

Apesar da sede européia das Nações Unidas ser em Genebra, a Suíça está entre os raros países que não são membros da ONU. Em nome do princípio da neutralidade, em 1986 os suíços rejeitaram, em votação popular, a adesão proposta pelo governo.

No entanto, o governo acha que a opinião pública mudou e o Ministério das Relações Exteriores prepara um projeto de adesão que será submetido à fase de consultas nos próximos meses e ao Parlamento até o final do ano. Recentemente, o ministro das Relações Exteriores Joseph Deiss declarou em Genebra que a adesão a ONU poderá ser submetida a nova votação popular dentro de três anos.

Em conformidade com os padrões da JTI

Em conformidade com os padrões da JTI

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?