Navigation

O prato do dia: democracia deliberativa

Quando a política deriva para uma polarização, as soluções tornam-se difíceis. Chega-se a um impasse. O que fazer nessa situação? Uma saída: reunir as pessoas mais diversas - e deixa-los conversar em busca de pontos comuns.

Este conteúdo foi publicado em 12. junho 2018 - 16:33

A palavra-chave aqui é "deliberação" - a discussão conjunta de possibilidades antes da própria tomada de decisões. Este é o foco dos experimentos de Jonas Nakonz e seus jovens colegas do foraus (em minúsculas mesmo), o think-tank, ou grupo de reflexão, sobre a política externa suíça.

Nos últimos dois anos, Nakonz vem testando o formato intitulado "PoliTisch" (Tisch significa 'mesa' em alemão) para organizar conversas sobre política de migração com diversos participantes de diferentes grupos populacionais. E também com representantes do mundo político. Ao comer juntos, são discutidas as mais diversas atitudes e opiniões. Nakonz então observa como e o quê os participantes respondem às provocantes questões políticas.

A abordagem por trás disso: se as pessoas tomam parte de um debate político no seu início, elas podem expressar suas opiniões muito mais precisamente do que com um sim ou não no final da reta. Pois é precisamente essa redução da democracia a um "ou-isso-ou-aquilo" que acaba levando à polarização.


Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?