Navigation

Governo suíço quer que notas antigas sejam válidas indefinidamente

O governo federal quer abolir o prazo para troca de notas antigas de franco suíço.

Este conteúdo foi publicado em 23. fevereiro 2018 - 12:30
SDA-ATS/ln
Alguns políticos acreditam que a nota de franco merece não ter validade. Keystone

O sistema atual, introduzido em 1921, opera sob o pressuposto de que as notas antigas não devolvidas ao banco dentro do prazo de troca foram perdidas ou danificadas.

Em uma proposta defendida no Parlamento federal, o governo defende que a regra não está de acordo com a realidade da vida moderna. A expectativa de vida e a mobilidade da população aumentaram dramaticamente nos últimos anos, escrevem as autoridades no seu comunicado. A abolição do prazo de conversão impedirá que os cidadãos mantenham consigo notas sem valor.

O governo também disse que a mudança não aumentaria o risco de crime. A regra de que as notas de banco não podem ser usadas como pagamentos seis meses depois de serem retiradas de circulação permaneceriam. Após esse período, eles deveriam ser trocados em qualquer agência do Banco Nacional Suíço (Banco Central), onde sua autenticidade e origem são avaliadas.

Outras moedas internacionalmente significativas e globalmente negociadas como a libra esterlina britânica, o euro e o dólar dos EUA podem também ser trocadas por um período de tempo ilimitado.

Artigos citados

Em conformidade com os padrões da JTI

Em conformidade com os padrões da JTI

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?