Navigation

Melhor ficar em casa do que ir para o asilo

Quase 350.000 idosos fizeram uso dos serviços de assistência e cuidados domiciliares (Spitex) no ano passado, 10.000 a mais do que em 2016. Em contraste, o número de residentes em lares de idosos permaneceu estável, com 149.000, 15% deles para uma estadia curta.

Este conteúdo foi publicado em 16. novembro 2018 - 10:30
22,5% dos usuários da Spitex têm mais de 80 anos Keystone

A Spitex, uma organização suíça sem fins lucrativos que presta serviços de enfermagem domiciliar, como troca de curativos e administração de remédios, acumulou quase 16 milhões de horas de assistência domiciliar e mais de seis milhões de horas de assistência, segundo dados publicados pelo Departamento Federal de Estatísticas.

O número de provedores particulares da Spitex cresceu notavelmente. Enquanto a Spitex forneceu um total de 7% mais horas de atendimento e suporte no ano passado do que em 2016, as empresas de assistência do setor privado aumentaram suas horas de trabalho em 43%.

Em média, 22,5% dos usuários tinham mais de 80 anos. Desses, havia duas a três vezes mais mulheres do que homens.

No mesmo período, 95.883 vagas de longo prazo estavam disponíveis nos 1.561 lares de idosos e casas de repouso, 0,6% a mais que no ano anterior. A contratação de pessoal para esses estabelecimentos aumentou em 2%. Mas na maioria dos cantões, a proporção de pessoas com mais de 65 anos que viviam em tais casas diminuiu.

Custos de saúde

Em 2017, os custos de uma estadia de longo prazo em um desses estabelecimentos para idosos foram de CHF 9.122 (US$ 9.075) por cliente por mês, CHF 200 a mais que em 2016. Isso totalizou 10 bilhões de francos no ano; 43% dos quais foram cobertos pelo seguro de saúde obrigatório.

Dos quase 2,5 bilhões de francos que os cuidados da Spitex custaram no total, os planos de saúde obrigatórios cobriram mais de 39%. Pouco menos de um quinto foi pago pelos próprios clientes e 42% foram pagos pelo setor público. De acordo com o departamento de estatísticas, a Spitex custa em média pouco menos de CHF 600 por cliente por mês.

Apesar da contínua expansão do apoio do setor privado desde 2011, a participação de mercado da Spitex permanece em 80%.​

Artigos citados

Em conformidade com os padrões da JTI

Em conformidade com os padrões da JTI

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?