Navigation

Centenas de voluntários testam penitenciária de Zurique

Os detentos cobaias podem escolher entre as opções de menu halal, vegetariano e de carne. © Keystone / Christian Beutler

Mais de 600 pessoas se candidataram para se tornarem presos cobaias de uma nova penitenciária aberta em Zurique, que tem capacidade para 241 detentos em prisão preventiva.

Este conteúdo foi publicado em 13. fevereiro 2022 - 01:59
swissinfo.ch/fh

Os voluntários selecionados experimentarão condições reais de prisão entre 24 e 27 de março. Os detentos de faz de conta terão que entregar seus aparelhos eletrônicos, incluindo telefones celulares, e serão servidos de cardápios halal, vegetarianos ou de carne. Os controles na chegada são opcionais e os candidatos aprovados não poderão transferir seu passe para "entrar na cadeia" para nenhuma outra pessoa.

As autoridades cantonais tiveram a inusitada ideia de fazer um teste nas instalações e no pessoal antes que a penitenciária comece a receber reclusos de verdade em abril. Alguns dos guardas e outros funcionários foram recrutados recentemente.

O prazo para o voluntariado como detento expira no final deste mês. Mas o jornal suíço Le Temps informa que o número de inscrições já é quase três vezes maior do que a capacidade da prisão.

O diretor da prisão, Marc Eiermann, disse ao jornal que os voluntários não deveriam ficar esperando uma "colônia de férias", mas que estariam livres para sair a qualquer momento.

Ele acrescentou que o projeto piloto deveria ser uma boa maneira de "assegurar o bom funcionamento das operações diárias e permitir que os guardas se familiarizem com as instalações".

O projeto só está aberto a adultos que vivem no cantão de Zurique e os candidatos devem concordar com a verificação de seus antecedentes para verificar sua aptidão para participar.

O novo presídio Zürich West foi construído em parte para aliviar as críticas sobre as condições dos detentos em prisão preventiva no cantão.

Em conformidade com os padrões da JTI

Em conformidade com os padrões da JTI

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?