Navigation

Maori no coração e suíço por amor

O número crescente de casamentos multiculturais na Suíça fez de casais binacionais tema de uma recente pesquisa. Um casal misto da Nova Zelândia e Suíça compartilha sua história e um linguista revela à swissinfo.ch o que ela aprendeu.

Este conteúdo foi publicado em 08. maio 2013 - 08:41

Na Suíça, migrantes adultos muitas vezes enfrentam o problema de ter de aprender não apenas um, mas dois novos idiomas de uma só vez: o alemão padrão para a comunicação escrita e o dialeto suíço-alemão para a comunicação oral. Esse fator, conhecido na linguística como "diglossia" , é extremo e torna a adaptação a uma nova cultura particularmente desafiadora. Kellie Gonçalves, linguista na Universidade de Berna, escreveu um livro intitulado "Conversações de casais interculturais" e dedicado ao tema. O livro baseia-se em entrevistas com mulheres anglófonas casadas com maridos suíços de língua alemã. Uma das mulheres entrevistadas é uma instrutora de esqui da Nova Zelândia casada com um guia de montanha suíço. (Raffaella Rossello, swissinfo.ch)

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?