Navigation

‘Crypto Vale’ suíço ostenta 14 unicórnios

Zug abriga a maioria das empresas de blockchain na Suíça. Keystone/Martin Ruetschi

A indústria de blockchain da Suíça afirma que inclui 14 empresas com um valor superior a US$1 bilhão (CHF912 milhões).

Este conteúdo foi publicado em 26. janeiro 2022 - 09:39
swissinfo.ch/ets

No mundo inteiro há cerca de 900 "unicórnios" - companhias iniciantes ('start-ups') de capital privado avaliadas em mais de US$1 bilhão - a maioria delas na China, Estados Unidos, Índia, Israel e países europeus.

As 50 maiores empresas suíças aumentaram sua avaliação quase cinco vezes, para US$ 611,8 bilhões no final do ano passado, em comparação com os números de 2020.

Havia cerca de 1.128 empresas de blockchain na Suíça e no vizinho principado de Liechtenstein no final do ano passado (mais 18%) empregando pouco mais de 6.000 pessoas (mais 16%).

Os autores do relatório CV VC Top 50Link externo dizem que os últimos números mostram a importância da Suíça como "o mais maduro centro de blockchain".

"A natureza atraente da estrutura reguladora do chamado Crypto Valley e a amplitude de especialistas em criptografia e blockchain, prestadores de serviços e instituições acadêmicas, continuam a impulsionar uma atividade florescente dentro da região", disseram os autores do relatório na terça-feira.

Eles também observaram que o governo suíço implementou a base legal para a tecnologia de registros distribuídos (*) no ano passado, assim como a listagem dos chamados tokens de segurança em mercados secundários regulamentados.

Mais da metade dos bancos suíços aparentemente planejam oferecer serviços de ativos digitais durante os próximos anos.

A pesquisa da indústria é uma análise periódica das 50 empresas com melhor desempenho na Suíça e em Liechtenstein.

(*): Tecnologia de registros distribuídos (em inglês: DLT - distributed ledger technology) funciona como um livro de registros, aberto e descentralizado, que permite a realização confiável e segura de qualquer transação entre duas ou mais pessoas, sem a necessidade de intermediários, através da Internet.

Em conformidade com os padrões da JTI

Em conformidade com os padrões da JTI

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?